Agricultura satânica no Brasil pós golpe (PL do veneno e agenda 21)

agenda agrotoxico brasil

Após o golpe de estado de 2016, a caixa de pandora das desgraças invadiu o Brasil de uma forma assustadora, sempre minimizados pelas ilusões da mídia corrupta corporativa, que procura manter boa parte da população anestesiada com suas ilusões.

Recententemente foi aproado pelo congresso a pec dos agrotóxicos e a da proibição de alimentos orgânicos em supermercados, seguindo uma agenda satânica das grandes corporações em favor dos lucros, mesmo sendo sore o preço de diversas vidas e de nações inteiras. Isso que está ocorrendo no Brasil, já é normal nos EUA e na índia principalmente, onde políticos corruptos subornados permitiram o monopólio destas empresas criminosas em favor de uma elite globalizada. Nos EUA a agenda pelo monopólio dos transgênicos pela Monsato nos dá uma ideia do que está a ir por ai, e se seguirmos os rastros desde o golpe de estado em favor das grandes corporações e o que está sendo orquestrado no senado, eremos como é real essa dura realidade.

Bayer Monsanto fome sionista
Bayer Monsanto fome sionista

O controle das Sementes e agricultura

O que muitos brasileiros não imaginam é que o que está acontecendo no Brasil, quanto a lei de liberação dos agrotóxicos, já é um padrão desenvolvido e dominador nos EUA como em alguns países que por políticos corruptos, permitiram a entrada dos interesses destas oligarquias judaicas, que compram que poderem. É claro que diretamente parece não estar a Monsanto envolvida nisso aqui no Brasil, que lhe permitirá á longo prazo entender seus tentáculos sobre esse mercado satânico promissor.

Para aqueles que veem acompanhando as movimentações da politica brasileira, percebe bem claramente aos poucos os tramites dos políticos corruptos e ligados ao golpe, introduzindo pouco a pouco leis que de forma semelhante acontece nos EUA e em outros países.

Vejam: Projeto de lei quer proibir agricultores de produzir, armazenar e distribuir sementes

Vejam claramente o Projeto de Lei (PL) 827/2015 de Dilceu Sperafico ruralista (PP-PR), criado em 2015, e que está em vias de aprovação. Proíbe os agricultores do armazenamento de sementes, plantas e mudas modificadas, passando isso á grandes corporações, tornando os agricultores dependentes destas empresas.

É a mesma coisa que ocorre nos EUA, por projetos de leis, onde o consumidor, não pode levar para analise suas sementes, para constatar se ela de alguma forma causa alguns risco a saúde humana. Sim, essas empresas são protegidas por leis, além do mais, tais sementes não podem serem replantas no ano seguinte como as naturais, aumentando ainda as taxas de endividamento destes agricultores com bancos e estas corporações.

Vejam: Monopólio Monsanto e a despopulação pelos alimentos transgênicos

Pl do Veneno para o Brasil
Pl do Veneno para o Brasil

Deuses na terra e o controle de tudo

Esta elite se posicionaram, como deuses na terra, não só ao ponto de fazer descer fogo dos céus, através de suas guerras programadas para aumentarem seus lucros, más agora tentam dominarem aquilo que á natural, criado por Deus, e serem apenas os fornecedores de umas das necessidades mais importante da humanidade que é o de se alimentar.

Todos aqueles que se vendem por propinas, independente da forma, são os cô-criadores indiretos disso, e dessa rebelamento contra Deus e a verdade. Agora, muitas fichas começam a cair, como no caso do alarde apocalíticos da criação do tal banco de sementes na Dinamarca, que possivelmente não seria um prognósticos para um futuro fim do mundo, más do fim do monopólio da natureza sobre a vida humana, passando á estes canalhas do poder.

Vejam: O cofre do Fim do Mundo

Agenda 21 e o controle da agricultura
Agenda 21 e o controle da agricultura

Lei agrotóxicos e o combate aos orgânicos

Para completar a opressão das elites corporativas que se apoiaram na política para alcançarem seus fins, recentemente 25/07/2018 foi aprovado a PL 6299/02 ou PL do Veneno, por políticos ligados á contrariando até instituições como a própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A liberação massiva destes agrotóxicos não só colocarão o risco á vidas humanas como já provado por estudos que confirmam a disseminação de diversas anomalias cancerígenas, além da destruição do meio ambiente, tornando solos improdutivos como também ameaçando diversas formas nichos, como é o caso das abelhas, tão crescente isso dentro do continente americano.

Vejam: A portas fechadas, deputados aprovam projeto sobre agrotóxicos

Vejam: Temer antecipa ‘pacote do veneno’ e proíbe Anvisa de se manifestar sobre agrotóxicos e para completar a sandice de tais políticos chamados da “bancada ruralista” no mesmo período, aprovam o projeto de lei que restringe a venda direta de produtos orgânicos para o consumidor. O relator do projeto é o deputado Luiz Nishimori (PR-PR), o mesmo do PL do Veneno (Projeto de Lei nº 6.299/02).

É claro que existem interesses pessoais destes parlamentares como op prórpio relator que é dono de uma empresa de agrotóxicos. Talvez que sabe já planejada e apoiada dentros da Maçonaria, como grande parte de empresários ligados á direita são, isso facilitará mais tarde a penetração de empresas sionistas e do próprio monopólio de multinacionais estrangeiras, como a Monsanto.

O Brasil segue ladeira abaixo, com a agenda neoliberal de direita no país, com seu entreguismo, desmonte da economia da nação, entrega dos recursos naturais, da soberania brasileira e mais essa que no fundo demonstra claramente não só uma tentativa do dominio do mercado agricola como também, uma fidelidade moral com a Agenda 21, com seus planos de despopulação global.

Vejam: Anvisa lista riscos de nove agrotóxicos proibidos para alertar sobre impacto de possível mudança em lei

Nosso blog possui sempre estar em compromisso com a verdade, deixando a par do leitor sua própria dissertativa diante dos fatos apresentados, para serem analisados com outras fontes a par do leitor, longe aqui de ter a intenção de disseminar as ditas Fakenews, quanto á restrição dos orgânicos á supermercados vou deixar a baixo esse outros artigo, que possivelmente pode estar sendo uma errata diante desse alarde popular, ou até mesmo um material de fundo sensacionalista, mesmo assim, fica a critério de cada um buscar mais informações.

Vejam: Jornalistas Erram: Orgânicos Não Serão Proibidos nos Supermercados

Fonte: Diversas

Autor: Valter J.Amorim


Postagens Relacionadas:

Herbicida Monsanto (RoundUp) prejudica crianças não-nascidas

Provado ! – Monsanto é a responsável pela diminuição da população de Abelhas 

Monsanto e o perigo mortal para a agricultura tradicional

A família Rockefeller e seu envolvimento em eugenia e na agenda 21